Um tolo sempre…

Um tolo sempre encontra alguém mais tolo para admirá-lo. — Sir Arthur Conan Doyle